segunda-feira, 27 de abril de 2009

As aparências enganam



A primeira impressão não é a que fica e muito menos a aparência é o espelho da realidade. E prova disso é um dos vídeos mais vistos do site YouTube, a apresentação de Susan Boyle no programa de TV “Britain’s got talent”, uma espécie se “Ídolos” do Reino Unido.

Num primeiro momento um dos 3 jurados chama a candidata a cantora e todo o público se surpreende com uma senhora de 47 anos, com um vestido amarelo “apagado”, um andar desengonçado e um cabelo curto com várias cores. Inegavelmente Susan é feia, desculpe a sinceridade, mas hipócritas são os que negam.

Mas sem aparente medo Susan, moradora de um vilarejo na Escócia, contou que seu sonho era ser cantora profissional e estava ali para aproveitar a oportunidade. Susan ainda acrescentou que se espelhava numa grande cantora e atriz da Inglaterra, Elaine Paige. Sem nenhuma piedade toda a platéia começa a rir e até mesmo dar gargalhadas.

A primeira frase cantada por Susan já foi o bastante para que todo o público e os jurados mudassem seus semblantes. Aquela senhora desengonçada tinha uma voz suave e firme, sem aparente medo, sem nenhuma vergonha, sabendo muito bem o que estava fazendo ela impressionou não só a platéia, mas o mundo. Todos aplaudiram a, agora, grande Susan de pé. Como conseqüência ela ganhou aprovação dos 3 jurados que não tinham palavras para expressar seu espanto. 

A música escolhida por aquela simples senhora desempregada foi “I dreamed a dream”, canção do musical de Vitor Hugo, “Os miseráveis”. Ao cantar Susan contava sua própria história: “Eu tive um sonho de que a vida poderia ser diferente deste inferno que estou vivendo”. Sua voz pertence aquele tipo de voz que não importa o estilo da música, todos gostam de ouvir. Aquela voz que trás paz a alma e nos faz sonhar.

Susan Boyle não sonhou sozinha, mas fez todos sonharem. Fez todos acreditarem que o que se vê primeiro não é o que fica, mas o que fica nas mentes são músicas suaves da realidade do viver. Aquela senhora de 47 anos que numa entrevista confidenciou que nunca foi beijada fez todos acreditarem que seus sonhos podem se tornar realidade e provou que a aparência não é o principal.

Fiquei pensando... se eu e você estamos preocupados mais com a nossa aparência do que com o que somos, estamos vivendo erroneamente. Não são belas roupas ou um belo cabelo, enfim, uma bela aparência não pode mover nossas vidas, mas sim uma bela conduta, uma bela voz, uma bela inteligência, belas atitudes. Meu desejo é que o nosso viver seja mais belo do que nossa aparência.

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=xRbYtxHayXo

Foto: Google 

2 comentários:

Ana disse...

Amiga adorei esse texto, o que vc falou foi realmente algo que é certo, e vc escreveu lindamente!
te amo amiguinha
bjss

Jura disse...

Pois é, mas infelizmente julgamos e somos julgados pelo q somos,pelo q vestimos. Como diz uma propaganda de refrigerante, aparência é tudo!!
Excelente post!!
Bjs

Jura